PÁGINA RÁPIDA

Crise: O que fazer?

VOLTAR

Por Antônio Osly

Gerente da Montcalm, cliente da HGM Consultores

Agosto/2012

 

HGM: O que levou a Montcalm elaborar um Plano de Contingências?

Osly: Foi a necessidade imperiosa de em grandes projetos fazer algo diferente para enfrentar os movimentos de paralisações. A Montcalm, em tais situações, acumulou um histórico de sucesso quando passou a decidir suas ações, com base em um Plano de Contingências, especificamente elaborado para o momento, o local e as características de cada uma dessas obras. Os Planos de Contingências são elaborados e estruturados com base em Comitês que no caso da necessidade de sua implementação passam a dispor de pleno poderes.

 

HGM: Qual a importância de construir o Plano de forma participativa, ou seja, com o envolvimento da Gerência?

Osly: Permite que todas as atividades da obra, no momento de crise, sejam planejadas, determinando-se COMO e ONDE cada uma será executada, principalmente, aquelas que podem ser realizadas fora do ambiente da Obra. Todas as atividades têm como base atender todos os objetivos do Plano de Contingências.

 

HGM: Qual é a sua opinião sobre a metodologia utilizada na formulação do Plano?

Osly: Só posso dizer que este modelo é o ideal, uma vez que nas situações pelas quais passamos, o resultado foi totalmente satisfatório. Conseguimos  em algumas situações evitar e, em outras, interromper uma greve.

 

HGM: De que forma a utilização do Plano ajudou a minimizar os impactos causados pela paralisação ocorrida? Os resultados foram satisfatórios?

Osly: Posso citar o exemplo quando enfrentávamos uma greve por ocasião das negociações para aprovação de um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). O sucesso da aprovação do ACT na Assembleia Geral Extraordinária (AGE) foi, em grande parte, pela participação ativa da linha de comando, que atuou de forma positiva para esclarecer e explicar os pontos mais difíceis da pauta de reivindicação e além disso se fez presente na AGE, junto aos seus funcionários de suas equipes.

 

HGM: Você destacaria algum ponto do Plano como sendo fundamental para o sucesso? Qual?

Osly: A forma participativa como é elaborado o Plano de Contingências e a oportunidade que toda a linha de comando tem de se envolver com as atividades planejadas do Plano de Contingências

 

Não coloque a sua empresa em risco. Esteja preparado para enfrentar uma crise!

Clique aqui e saiba mais.


Compartilhe:  Bookmark and Share